Cultura Viva 20 anos: do do-in antropológico à política nacional e latinoamericana

Ao longo de seus 20 anos, a Política Cultura Viva experimentou avanços e inflexões relacionados à sua governança, descentralização, institucionalidade e internacionalização, o que trouxe impactos profundos nas políticas culturais de promoção à diversidade cultural. Caminhou-se de um programa para uma política estabelecida por lei, a Lei Cultura Viva, que comemora 10 anos. Considerando este percurso, a memória, o processo de acúmulo institucional e a atualização da política são fundamentalmente discutidos no novo contexto político.

Fotos Nin La Croix:

Fotos Elimar Caranguejo:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *