Roda de diálogo pautou tecnopolítica, privacidade e articulações em Rede no Recife

No dia 02/07/2019 o espaço CEÇA no bairro da Boa Vista, Recife/PE, recebeu a roda de diálogo intitulada Perspectivas: Tecnologias Livres e Articulações em Rede*. Aproveitando a passagem de Léo Foletto (Baixa Cultura) pela capital Pernambucana, o evento foi promovido pela Rede Nacional de Produtoras Culturais Colaborativas.

O encontro reuniu militantes, pesquisadores e profissionais interessados nos diversos vieses da tecnologia, desde a construção de soluções para a gestão de projetos até preocupações com legislação e direitos na web, onde discutiu-se os impactos das tecnologias livres na sociedade, sobretudo em tempos de endurecimento dos discursos conservadores, que mobilizam a estrutura de inteligência artificial para influenciar o debate público.

Algumas alternativas em software livre foram apresentadas como a plataforma Corais (corais.rios.org.br) e o próprio portal do Baixa Cultura, onde o editor Léo Foletto enfatizou passagens em que se destacou uma certa ressaca da internet e apontou caminhos de como retomar a utopia de uma internet aberta a possibilidades de transformação social.

As metodologias de articulação em rede, exemplificadas principalmente pela Rede de Nacional de Produtoras Culturais Colaborativas e da mobilização em torno do Encontro de Cultura Livre do Sul, foram apresentadas e discutidas, momento que propiciou a intervenção dos presentes, ao falarem de algumas outras redes e inquietações.

Diante da preocupação com a dependência de ferramentas geridas por grandes conglomerados de tecnologia e da sensação de estarmos imersos em um continuum de vigilância na web, os temas debatidos apontaram para um horizonte de possibilidades de articulação em busca de autonomia de lugares, pessoas e processos.

*Os links citados durante o evento estão reunidos no perfil do evento https://www.facebook.com/events/2397167697188332/permalink/2400690960169339/?notif_t=feedback_reaction_generic&notif_id=1562169065553574 e no perfil @Carloslunna no Twitter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *