Alabê Ôni lança financiamento coletivo para realização do show Berço do Batuque no RS/ Porto Alegre

A partir dessa segunda-feira, 27 de março, o Alabê Ôni – grupo de músicos pesquisadores de percussão e manifestações de raiz africana do Rio Grande do Sul – lança Financiamento Coletivo para realização de show de Lançamento do CD Berço do Batuque no RS: Mestre Borel – Toques e Cantos da Nação Oyó-Idjexá. Em 2017 foi vencedor do 4ª Prêmio Nacional de Expressões Culturais Afro-brasileiras na categoria Música, o projeto garantiu a permanência, a preservação e a divulgação dos saberes Oyó-Idjexá, por meio de pesquisa do legado musical deixado por Mestre Borel, principal babalorixá do Batuque no RS. Realizando um canal aberto no Youtube, um CD, um show com transmissão on line, apenas com a equipe artística, de gravação e de produção, em conformidade com edital que objetivava a difusão pela internet. Neste ano de 2018, dando continuidade ao projeto de maneira independente, sem recursos de editais, realizará um show ao vivo, contando com a presença e o apoio do público através de financiamento coletivo no Catarse. Os cantos serão entoados em iorubá arcaico, segundo os conselhos da família Borel e os toques foram recriados a partir do conhecimento do griô, Pingo Borel e do grupo. A partir dos cantos, toques, iluminação e projeções visuais, em diálogo com os ritos e símbolos da Nação Oyó-Idjexá será apresentada de forma estética e sensorial, a pesquisa realizada no acervo de Mestre Borel. O show com presença de convidadas especiais com Simone Rasslan Stephanie Soeiro, está com data prevista para dia 02 de junho, no Teatro de SESC Porto Alegre(Av. Alberto Bins, 665 – Centro). Ingressos são limitados e podem ser adquiridos pelo financiamento coletivo ou pelo site do Sympla. Dentre as recompensas oferecidas há Combo de CD + ingresso, palestras Só Papo Griô com Pingo Borel, Oficinas vivenciais de tambores com o grupo, Agês e chaveiros, feito pelo alabê e griô da segunda geração, Postal com foto do Mestre Borel, além de Concertos didáticos com o grupo. Para participar do financiamento coletivo basta clicar em: https://www.catarse.me/bercodobatuque O show e o CD Berço do Batuque contribuem para disseminar e partilhar saberes da cultura popular e da matriz africana que influencia diretamente na formação da identidade gaúcha. Também promove a música negra no estado, gerar reflexão e conhecimento na busca de elevar a autoestima das comunidades negras e batuqueiras, promovendo o respeito à diversidade cultural e combatendo a discriminação, o racismo e o preconceito.

 

Para referência

Mestre Borel

Mestre Borel, principal babalorixá do Batuque no RS, filho de uma nigeriana, carnavalesco, escritor e alabê da tradição, representa essa reconstrução identitária. Como pesquisador do Batuque conheceu diferentes e importantes terreiros de nação, umbanda e candomblé como da Mãe Menininha. Fluente em iorubá e tamboreiro desde criança, constituiu-se como o principal guardião da memória da Nação Oyó Idjexá. Foi reconhecido apenas na primeira década do século XXI e faleceu aos 102 anos. Um autêntico griô, memória que segue viva nos cantos de seu filho, Pingo Borel.

Alabê Ôni

O grupo é formado pelos músicos Pingo Borel, Mimmo Ferreira, Tuti Rodrigues e Richard Serraria. O grupo Alabê Ôni é um grupo de artistas pesquisadores da percussão afro sul rio-grandense, que surgiu da vontade de valorizar os tambores e manifestações de raiz africanas do Rio Grande do Sul. Alabê Ôni circulou através do Sonora Brasil do SESC em 120 cidades em todo o país entre 2013 e 2014. Recentemente foi vencedor do edital nacional Prêmio Afro 2017 (CADON/Fundação Palmares/MINC/Petrobrás), no qual representou a região sul com o Projeto O Berço do Batuque no RS: Mestre Borel – Toques e Cantos da Nação Oyó-Idjexá, que resultou no cd, em um blog e um canal de You Tube aberto com a pesquisa.

Apoio cultural: SESC Porto Alegre

Informações
Catarse: https://www.catarse.

Canal Youtube https://www.youtube.co

Facebook: facebook.com/ala

WordPress https://projetoberco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *